Reviews

Macabre Rampages and Splatter Savages – Intervalo Banger (pt)

2012, 16/Mar
Featured on: Intervalo Banger
Format: Webzine
Date: 2012, 16/Mar
Review by: Vakka
Link: intervalobanger.com

Eu já conhecia o trabalho do André com o Lymphatic Phlegm de muito tempo e rolávamos ideia pelo myspace, quando em 2007 tive a chance de, junto com uns troots, organizarmos um fest em Joinville. Fomos numa caravana animal, eram 5 bandas: Life is a Lie, Intifada (agora Noala), Forbidden Ideas…, Infamous Glory e minha antiga banda, o Abusive Nekrotraffikh(que depois virou Inerthe devido à ridicularidade do nome e morreu). O rolê inteiro foi animal, mas algumas coisas pra mim foram foda. Por exemplo, conhecer o André e o Camacho pessoalmente, comprar o Osculum Obscenumda banquinha da Black Hole e o Camacho me dizer que era o último que ele tinha, e comer uma sopa/rango que serviam lá no pico… Acho que o pessoal todo deve ter comido uns 3 daquele cada um (não tô exagerando, existem casos de nego ter pego seis daquela papa!). Juro, o bagulho era ANIMAL demais!

Ah é, o disco… Cara, sabe o Autopsy? Pois é, lindo e belo, death metal oldschool, riffão cravado, homenagens à filmes de terror, levadas de 1×1 e o que mais faz um défibangue feliz. Não tem como errar, e o vocal do André é muito foda! Digo isso porque você deve estar acostumado à ele no Lymphatic com 3 toneladas de efeitos. “Trial of the Undead” representa o que é o disco, mas caras, o riffzinho doom do final é de arrepiar os cabelo da piriquita da sua vó, que espetáculo! Na real, lembra de longe o final da Mine is Yours do Anathema. Ainda rola um cello na instrumental “Deep Red”, que tem um riff maravilhoso. É um som que estaria em qualquer play de banda gringa fácil e nego aqui ia cagar na mão e engolir com farofa temperada e dizer: “Se o Offal tocar sabuci eu choro!”, fodástico! E mais uma vez, elogios pra ilustra da capa, como eu amo essas paradas =~~~~

Rating: ★★★★☆|  4/5